Victor Tagore

Do organizador Alexandre Lobão: hoje temos a contribuição de Victor Tagore, editor da Thesaurus. Tagore – como seu pai, Victor Alegria, o fundador da Thesaurus – não apenas um editor, é um batalhador pela causa dos escritores brasileiros, sempre procurando formas de apoiar novos escritores e abrir espaços para eles em feiras literárias, livrarias e outros eventos. Com vocês, as “7 coisas” de um editor que se importa com os autores, sem nunca abrir mão da qualidade do que publica.

{ 1 }

Chegue com o livro revisado. Quando o editor vê um livro cheio de erros não perde 10 minutos com ele, pois um livro assim denota um autor sem esmero. Erros simples são aceitáveis, mas erros grosseiros, como de concordância, não são aceitáveis. É claro que a editora vai revisar seu texto, mas não irá fazer copidesque!

{ 2 }

Mostre que você conhece o que está à sua volta. Não ache que você é a última Coca-Cola do deserto, que suas ideias são sempre originais. Pesquise sobre o seu assunto o máximo que você puder e leve ao editor apenas o que você percebe que é realmente novo.

{ 3 }

O autor não é uma concha. Autores bem relacionados têm mais possibilidade de publicação. O autor precisa ter amigos, grupos de relacionamento, sejam da igreja, do clube, vizinhos, ou do Facebook, Twitter ou Blog. O autor precisa ser capaz de montar uma lista de convidados para ao lançamento que realmente irão comparecer.

{ 4 }

Não acredite que se livro vai andar com as próprias pernas. Livro é que nem criança: você precisa puxar pela mão até ele andar sozinho. Muitos autores abandonam o livro depois de editado, não o divulgam, o que é fatal para o livro – sem isso, o livro não acontece. Tenha o livro sempre em mente e com alguns exemplares perto de você, leve-o quando sair de férias, comente em conversas e na internet, sem ser chato, para aproveitar todas oportunidades de divulgação.

{ 5 }

Se o autor escreve em blogs, ou se ele tem um blog: Seus textos recebem críticas ou comentários? Recebem muitas visitas? Escrever é um exercício. Toda vez que você escreve para um público, você se esmera no que produz. Em casa, de cuecas, você escreve qualquer coisa; mas quando publicando, mesmo que em um blog, você precisa ser mais profissional. Um autor que tem centenas de artigos em um blog gera muito mais confiança para o editor – e com certeza já tem mais experiência, o que faz toda a diferença.

{ 6 }

Seja parceiro de sua editora. Se ofereça para dar palestras, crie oportunidades junto com a editora para divulgar seu trabalho – às vezes, para a editora faltam apenas boas ideias para unir as suas possibilidades com as possibilidades da editora. Não espere acontecer. Crie os momentos de venda.

{ 7 }

O livro faz o autor e o autor faz o livro. Onde é que você se encaixa? Por exemplo: Determinado autor é uma referência em sua instituição, em sua área, em sua cidade. Se você é uma referência, garante as vendas pelo menos na primeira edição. O ideal, no entanto, é o livro que faz o autor: o livro que vende pela sua qualidade, e com isso torna o autor conhecido. Com o tempo, o nome do autor passa a ser mais conhecido que o dos livros.

Victor Tagore é editor da Thesaurus Editora, de Brasília. Com 36 anos de existência, Thesaurus publicou mais de 2.000 títulos, sendo 95% de autores nacionais. Atualmente a Thesaurus publica mais de 100 novos títulos por ano, sendo que boa parte destes são primeiros livros. Tagore pode ser contatado pelo e-mail editor@Thesaurus.com.br.

Contribuição originalmente publicada no site Vida de Escritor

Deixe seu voto:
- Votos: 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *