Cassionei Niches Petry

“Aprendi só agora, depois do terceiro livro, a não me desesperar, não escrever mais “textão” no Facebook lamentando o público escasso do lançamento do livro, não me iludir com parabéns e “likes” que não resultam em compra da obra. Escrevo e pronto.” Hoje a palavra é do escritor publicado Cassionei Niches Petry.

Cassionei Niches Petry

Luisa Geisler

“Muitas pessoas que falam comigo se comparam com o fato de que escrevi e publiquei um livro antes dos 20 anos de idade. A questão da idade é só uma causa de ansiedade na sua cabeça.” Com a palavra, a escritora Luisa Geisler, duas vezes vencedora do Prêmio Sesc de Literatura.

Luisa Geisler

André Roca

“Um escritor precisa se desprender desse universo (dos autores clássicos) e ampliar seu horizonte com a leitura dos contemporâneos. Faz bem ser contaminado por nossos pares. É neles que identificaremos as luzes e as trevas do nosso tempo.” Com a palavra, o jornalista e escritor publicado André Roca.

André Roca

Rossana Cantarelli

“Leia muito, mas jamais tente copiar o estilo de alguém. Descubra o seu estilo.” Rossana Cantarelli é advogada, analista jurídica e autora de “Apenas Respire – Rock e perfume: paixão no ar, seu primeiro romance, publicado pela Editora Multifoco.

Rossana Cantarelli

Lúcio Saretta

“A gente só sente as correntes que nos prendem quando tentamos nos mexer. Não existe uma sequência lógica para ascender como escritor.” Lúcio Humberto Saretta é escritor autopublicado e um dos vinte finalistas do concurso Brasil em Prosa 2015.

Lúcio Saretta

Cris Vázquez

“Você escreve SIMPLICIDADE e coloca ao lado do computador. Você corta adjetivos e advérbios. Adere aos implícitos. Persegue a limpidez do texto e evita emaranhados sintáticos.” Hoje, com a palavra, Cris Vázquez, escritora publicada e Mestra em Literatura pela UFSC.

Cris Vázquez

Irka Barrios

“Escrever para agradar um provável público acaba virando uma cilada. E não te deixa feliz, no final das contas. Escrever é uma comunicação com o leitor, mas também é uma comunicação interna.” Hoje, com a palavra, a escritora premiada do Concurso Brasil em Prosa 2015, Irka Barrios.

Irka Barrios

Maurem Kayna

“Aquelas duas horas que ficamos em frente ao computador, alternando entre diversas janelas NÃO foram duas horas de escrita. Sejamos honestos.” Hoje, com a palavra, Maurem Kayna, escritora finalista do Prêmio Sesc de Literatura 2009 com o livro “Pedaços de Possibilidade”.

Maurem Kayna

Lucas Barroso

“Não fique ‘só’ com a literatura. Tenha alguma causa ou bandeira para lutar. A vida não se limita à literatura. Com uma causa nobre suas chances de aparecer aumentam. E a vendagem de seus livros também.” Confira a contribuição descontraída de Lucas Barroso.

Lucas Barroso

André Timm

“Quem espera construir uma trajetória constante e consistente não pode contar com momentos divinos de iluminação. Você precisa sentar e escrever. Rotina é a melhor companheira da inspiração.” Confira a rica contribuição de André Timm, criador do 2 mil toques e escritor mencionado com honras no Prêmio Sesc de Literatura 2010.

André Timm

Alessandro Garcia

“Não pare de escrever o conto porque quer logo partir para o romance. (…) Se começou algo, vá até o fim. Mesmo que seja para guardar na gaveta.” Confira esta e outras preciosas dicas do finalista do Prêmio Jabuti, editor da revista de literatura Flaubert e escritor publicado, Alessandro Garcia.

Alessandro Garcia